03/06/2016

MRV compensa Gases de Efeito Estufa e ganha selo Amigo do Clima

Iniciativa permitirá apoio a projetos sustentáveis por meio do Programa Amigo do Clima

Por meio do apoio a projetos sustentáveis e de mitigação de gases de efeito estufa (GEE) nos diversos estados de sua atuação e também na Amazônia, a MRV Engenharia vai realizar a compensação de 100% de suas emissões de GEE diretas e indiretas pelo consumo de energia referente ao ano de 2015, sob seu controle. Além disso, a construtora também garantiu novamente sua entrada no Programa GHG Protocol, programa aderido no ano passado e que tem como objetivo estimular a cultura corporativa para a elaboração, publicação e verificação externa de inventários de emissões de gases do efeito estufa (GEE).
No total, foram 22.938,94 tCO2e  compensados no Escopo 1 (emissões diretas da operação) e Escopo 2 (emissões indiretas pelo consumo de energia elétrica). A compensação das emissões será realizada no âmbito do Programa Amigo do Clima que confere transparência e rastreabilidade à ações de compensação utilizando créditos de carbono de padrões internacionais como o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) vinculado ao Protocolo de Quioto da ONU ou o VCS - Voluntary Carbon Standard, principal padrão de compensação do chamado Mercado Voluntário. Entre os projetos escolhidos, pode-se citar a substituição de combustíveis fósseis, a geração de energia renovável hidroelétrica e por meio da utilização de biomassa como bagaço de cana, resíduos florestais e biogás, a captura e queima do metano em aterro sanitário e em granjas de suínos e a redução das emissões do desmatamento e da degradação florestal (REDD) na Amazônia.
Os projetos de compensação foram realizadas em diversas regionais onde a companhia está presente incluindo Amazônia. Segue:
1. Descarbonização de Matriz Energética Industrial
Consiste na troca do combustível industrial atualmente utilizado em alguns processos a partir do carvão e / ou combustíveis derivados do petróleo pelo gás natural. Além da redução de emissão de gases de efeito estufa, o projeto possui outras contribuições ambientais como por exemplo a redução da emissões de poluentes atmosféricos como óxido de enxofre etc.
2. Destruição de metano em Granjas de Suínos - MT, MG, GO
As atividades realizadas pelo projeto reduzem as emissões de GEE de uma forma economicamente sustentável, resultando em outros benefícios ambientais, tais como a melhoria da qualidade da água e odor reduzido próximo às Granjas. 
3. Geração de Energia Renovável com Bagaço de Cana
Consiste no aumento da eficiência da cogeração na Usina Alta Mogiana S/A – Açúcar e Álcool, no estado de São Paulo. Tal aumento permite a usina vender a eletricidade excedente ao SIN – Sistema Interligado Nacional, evitando a geração de energia por fontes fósseis. A cogeração com o bagaço de cana é uma importante estratégia energética para o país, e o agronegócio da cana possui papel relevante no desenvolvimento econômico. 
4. JARI - Redução de desmatamento na Amazônia
O Projeto Jari está localizado no estado brasileiro do Amapá e visa reduzir as emissões de gases de efeito estufa provenientes do desmatamento e da degradação florestal ao longo de um período de 30 anos, combinando manejo florestal sustentável, monitoramento da biodiversidade, investigação científica e desenvolvimento socioeconômico local.
5. Redução de emissão no Aterro Sanitário de Manaus
O projeto de carbono implementado no Aterro Municipal de Manaus consiste na coleta do gás de aterro e em seu aproveitamento para a geração de energia elétrica. Dessa forma, o projeto promove a redução de emissões de gases de efeito estufa por meio da destruição do metano (CH4) presente no biogás e da produção de energia renovável. Antes da implementação do projeto, o aterro Manaus não possuía controle adequado das águas superficiais e dos lixiviados. Tampouco possuía qualquer controle dos gases de aterro, oriundos da decomposição dos resíduos depositados. Além da redução de emissões de gases de efeito estufa, a queima do biogás promove melhoria da qualidade local do ar, o que beneficia a população no entorno do aterro. Ademais, foram minimizados o risco de incêndios e o de contaminação de águas subterrâneas.
6. Destruição de metano em Granjas de Suínos – ES, MG, SP
O projeto, cujo os sites estão implementados estão no estado do Espirito Santo, Minas Gerais e São Paulo, tem como objetivo a amenização de gases de efeito estufa gerados nos efluentes dos resíduos animais através da adoção de um sistema otimizado de gerenciamento de resíduo animal. Outros benefícios ambientais estão relacionados a esta atividade, tais como a diminuição do odor e a melhoria da qualidade da água.
7. Energia Renovável em Pequena Central Hidroelétrica
A planta Braço Norte III é um pequena central hidroeléctrica (14,16 MW), com um pequeno reservatório, que gera quase nenhum impacto ambiental, localizado no estado do Mato Grosso. Esta fonte local e mais limpa de energia elétrica também tem uma importante contribuição para a sustentabilidade ambiental, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa, evitando a geração de eletricidade por fontes de combustíveis fósseis que seriam emitidos na ausência do projeto.
8. Geração de Energia Renovável com Resíduos Florestais
O projeto localizado no estado do Amazonas é a geração de energia renovável em uma usina térmica com a utilização de resíduo florestal de uma floresta certificada (FSC) e de uma indústria de processamento de madeira da região. O projeto contribui para o desenvolvimento econômico local, melhorando a distribuição energética na região e contribuindo para a gestão local de resíduos.
9. Substituição de combustível de frota
O projeto consiste na substituição completa da gasolina pelo etanol na frota de automóveis comerciais geridas pela Ecofrotas. Através de um cartão de controle, que registra todas as transações de abastecimento, toda a monitorização dos veículos é realizada. Por se tratar de um projeto cujo objeto são frotas de veículos em todo o Brasil, o limite geográfico brasileiro foi definido como as fronteiras do projeto.
Segundo o presidente da companhia, Eduardo Fischer as novas marcas atingidas pela companhia na esfera da sustentabilidade refletem um trabalho intenso da construtora para realizar ações em prol do meio ambiente e sociedade de forma responsável e transparente, alinhada às melhores práticas do mercado internacional. “Além disso nos preocupamos em concentrar os esforços para atingir de forma positiva as regiões que são diretamente relacionadas ao nosso negócio”, completou.
MRV Sustentável
Alinhada à ação de compensação global das atividades da companhia a MRV Engenharia também compensou integralmente as emissões dos gases de efeito estufa referentes ao website MRV Sustentável durante o ano de 2015. Foram compensados 500 KgCO2e por meio do apoio ao projeto de conservação florestal e reflorestamento da Mata Atlântica do Instituto Terra na Fazenda Bulcão, localizada em Aimorés (MG). 
A MRV Engenharia
Fundada em outubro de 1979, em Belo Horizonte, a MRV Engenharia é líder nacional no mercado de imóveis econômicos. Em 36 anos de atividades, vendeu mais de 275 mil unidades. É a única construtora brasileira presente em mais de 140 cidades de 20 Estados e no Distrito Federal.  Em 2015 a companhia vendeu 35.872 unidades e lançou 31.814 imóveis.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

17/08/2017

MRV lança residencial ecológico em Várzea Grande

A construção civil está a cada dia mais empenhada em contribuir com o desenvolvimento ambiental e preocupada em adequar sustentabilidade e qualidade de vida aos moradores. Na vanguarda no ramo, a MRV Engenharia 

Saiba mais

27/06/2017

MRV compartilha ideias e soluções sustentáveis com fornecedores

A MRV tem a sustentabilidade como um dos seus valores e por isso ...

Saiba mais

23/05/2017

Marcas que Sonham com um Futuro Melhor

Mesmo num cenário adverso, as marcas mais valiosas do Brasil não deixaram de crescer. Confira o Ranking.

Saiba mais

20/04/2017

MRV Engenharia cultiva mais de 36 mil mudas de árvores no país

Só no Estado de São Paulo, a construtora cultivou 13.104 mudas, o que corresponde a 35% do total.

Saiba mais

19/04/2017

MRV é a Empresa mais Valiosa da América Latina no Setor de Construção

Valor de mercado da Bovespa (B3) sobe 6,4% em 2017. Setor de construção tem a maior valorização.

Saiba mais

04/04/2017

Construtora Implanta Sistemas Para Reaproveitamento e Coleta de Água

Modelo de consciência ambiental nos canteiros de obra gera retorno positivo e empresários comemoram resultados

Saiba mais

20/03/2017

MRV Engenharia e Prefeitura de Piracicaba Comemoram o Dia Mundial da Água

No Dia Mundial da Água as instituições promoveram o 23º Arrastão Ecológico do Rio Piracicaba.

Saiba mais

15/03/2017

Praça é inaugurada em Campo Grande-MS

MRV Engenharia e Prefeitura Municipal de Campo Grande Inauguram Praça no Bairro Jardim das Nações.

Saiba mais

COMPARTILHE ESSA INFORMAÇÃO COM SEUS AMIGOS, FAMILIARES E CONHECIDOS.