08/02/2020

As empresas mais inovadoras do Brasil

Empresa de 40 anos aposta na industrialização dos canteiros e em um novo conceito de moradia econômica

“O modelo de consumo de habitação vai mudar”, adianta o CEO Rafael Menin

POR MARIANA WEBER

Fundada há 40 anos e líder em construção residencial na América Latina, a MRV passa por uma transformação tecnológica que vai dos canteiros de obras à interação com os clientes. Também investe em novas frentes, como uma unidade de locação digital de imóveis. “Nosso objetivo é criar um novo estilo de moradia econômica no Brasil, com muita conveniência, modernidade e qualidade na relação entre cliente e empresa”, diz o CEO Rafael Menin. “Nos próximos anos, o Brasil vai precisar de mais residências, principalmente na base da pirâmide, que é onde atuamos. É um mercado crescente. Mas o modelo de consumo de habitação vai mudar.”

Segundo Rafael, a empresa precisa agir diferente porque a nova geração de clientes pensa diferente — em vários aspectos, entre eles o comprometimento com financiamentos de longo prazo. “A companhia tem que se preparar.” E tem se preparado, nos últimos dez anos, com mudanças que começaram da porta para dentro e, nos últimos dois anos, foram da porta para fora. “Não queremos ser ‘uberizados’. Se for para alguém modificar, ‘uberizar’ o setor, que sejamos nós.”

O primeiro grande investimento foi na industrialização dos canteiros. Muito do que antes era feito no local da construção, como as instalações hidráulicas e elétricas, passou a chegar pré-montado; paredes de concreto prontas substituíram os blocos empilhados na obra. “Com isso entregamos um produto melhor, mais durável, mais acessível. E nossos níveis de produtividade no canteiro melhoraram absurdamente”, diz Rafael. “A quantidade de operários necessários para fazer um apartamento hoje é metade de dez anos atrás.”

O momento atual é de investimento na experiência do usuário. Seja na digitalização de processos – da escolha do apartamento ao acompanhamento das obras –, seja na criação de um rol de serviços para uso do imóvel após a entrega (como um marketplace para mobiliar e equipar a casa). Há um ano, mais de 30 squads foram criados para trabalhar nessas soluções.

Hoje, grande parte dos lançamentos da MRV oferecidos pelo programa Minha Casa Minha Vida inclui, por exemplo, placas solares para geração de energia para o empreendimento. Também pode haver carros elétricos e bicicletas compartilhados, rede wi-fi nas áreas comuns, tomadas USB…

O Minha Casa Minha Vida corresponde a 90% das vendas da empresa. A ideia é seguir investindo nesse segmento e abrir novas frentes para ganhar flexibilidade. “Daqui em diante, o crescimento se dará mais na Luggo, que é nossa subsidiária de aluguel, e também no segmento de média renda logo acima do Minha Casa Minha Vida.” Outra linha é a da internacionalização: recentemente a MRV fez um aporte na americana AHS Residential, controlada pela família Menin – contestada por acionistas, a transação vai ser, segundo Rafael, remodelada junto com os sócios minoritários.

Na frente do aluguel, a Luggo foi pensada como uma startup digital que faz locação de imóveis em uma hora, sem fiador, e oferece um cardápio de “opcionais” como internet, mobília e serviço de limpeza. Até o fim de 2019, deve entregar quatro empreendimentos. “É um produto superinovador para a base da pirâmide”, explica Rafael. “Concorre um pouco com o que já fazemos, mas o mercado vai ditar o tamanho de cada solução. A MRV está sendo construída como uma plataforma de habitação.”

Fonte: Forbes

Últimas notícias

02/06/2021

MRV destaca mulheres que fazem pedidos de casamento

Campanha criada pela SunsetDDB fala em empoderamento feminino e apresenta promoção para Mês dos Namorados

Saiba Mais

13/05/2021

MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa

MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa

Saiba Mais

13/05/2021

MRV vende mais do que o esperado nos EUA e avalia acelerar projetos

A MRV avalia revisar para cima seus planos de crescimento nos Estados Unidos, maior mercado imobiliário do mundo. A brasileira é dona da AHS

Saiba Mais

05/05/2021

MRV reforça marca com manifesto

A empresa conta como espera e planeja o futuro, construindo inovações que reduzem o impacto ambiental e social, promovendo o acesso de todos os brasileiros a um lar digno e de qualidade

Saiba Mais

23/04/2021

MRV paga R$ 130,6 milhões em dividendos

Proventos são pagos no dia 11 de maio; dividendos são parcela de lucro das empresas distribuídas aos acionistas

Saiba Mais

23/04/2021

Abrainc: continuidade de obras do MCMV é fundamental para gerar empregos e renda

Saiba Mais

09/04/2021

Um mercado resistente ao vírus

Juros ainda baixos, boa oferta de apartamentos, fim das viagens e menores gastos com lazer direcionam recursos para a compra do imóvel novo

Saiba Mais

09/04/2021

O plano americano das empresas

Sinais de recuperação da economia, vacinação avançada, pacote trilionário do governo e resgate das políticas ambientais fazem empresas brasileiras aumentar a aposta nos Estados Unidos.

Saiba Mais

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.