Relacionamento com o cliente

24/03/2015

Cresce em 250 porcento participação de mulheres em obras

Dos 25.980 funcionários na MRV, 17% correspondem ao universo feminino.

A MRV Engenharia anuncia ter investido constantemente na contratação e qualificação da mão-de-obra feminina dentro de seus canteiros de obras. Nos últimos seis anos, a participação das mulheres nesse ambiente, tradicionalmente masculino, aumentou em 250%. Somente no estado do Rio de Janeiro, onde a construtora possui atualmente 30 obras em andamento, foram contratadas 334 mulheres entre os meses de julho de 2014 a março de 2015.

Segundo Marcos Horta, Diretor de Desenvolvimento Humano da MRV, entre os principais motivos para o aumento das oportunidades de as mulheres ingressarem no setor estão a escassez da mão-de-obra a partir da expansão das atividades da construtora e o processo de primarização da companhia.

- Desde 2007, quando a MRV Engenharia abriu seu capital, percebemos uma carência de trabalhadores para atuarem nos nossos canteiros de obras, nas mais diversas atividades. A oferta de mão-de-obra masculina não acompanhava a crescente demanda e por isso, começamos a investir na contratação de mulheres para desempenharem as mesmas funções. Com o processo de primarização que a companhia iniciou em 2014, as operárias assumiram um papel de destaque, pois percebemos que em determinados trabalhos, como no acabamento, no rejunte de azulejos e na pintura, elas têm mais habilidade e atenção - destacou o diretor.

A técnica em Segurança do Trabalho da MRV/MRL Engenharia dos empreendimentos no Norte Fluminense, Larissa Grazielle Reis Santos, de 26 anos, é uma das colaboradoras que tem crescido profissionalmente dentro da companhia. Contratada em 2012 como Auxiliar de Segurança, Larissa conta que hoje os trabalhadores dos canteiros já se acostumaram com a presença feminina nas obras e comemora a valorização do seu trabalho.

- Inicialmente foi um desafio para mim, pois não eu não havia planejado trabalhar na construção civil. É um ramo masculino, mas através de profissionalismo, ética e respeito temos um ambiente saudável de trabalho, com muitas oportunidades de crescimento e valorização - comemora.

Atualmente, dos 25.980 funcionários na MRV, 17% correspondem ao universo feminino. Em 2009, 1.285 mulheres atuavam na companhia, enquanto que em 2015 esse número já corresponde a 4.494, sendo que cerca de metade - 2.063 atuam nos canteiros, executando atividades como servente, ajudante de obra e também no setor administrativo como auxiliares de engenharia. O restante do público feminino está distribuído pelos escritórios da MRV, presente hoje em 19 estados do país.

Últimas notícias

06/04/2020

Empresários lançam movimento #NãoDemita na web

Empresários de todos os setores e dimensões podem assinar o manifesto e se juntar ao movimento no próprio site.

Saiba Mais

16/03/2020

Plantas da MRV em realidade aumentada

Tecnologias permitem projeção em 3D de plantas baixas oferecendo mais interatividade ao consumidor

Saiba Mais

08/02/2020

As empresas mais inovadoras do Brasil

Empresa de 40 anos aposta na industrialização dos canteiros e em um novo conceito de moradia econômica

Saiba Mais

30/01/2020

MRV sobe mais de 5% após lançar plataforma de vendas online

Construtora pretende desburocratizar processos de aquisição de imóveis

Saiba Mais

20/01/2020

MRV tem alta de 6% em lançamentos no 4º tri

A empresa afirmou que a concentração dos lançamentos ocorreu em dezembro

Saiba Mais

14/01/2020

Como a MRV Engenharia busca, pensa e estrutura a inovação?

Incorporadora tem investido em diferentes tecnologias emergentes. Recentemente, inaugurou laboratório dedicado à inovação

Saiba Mais

17/12/2019

Estamos vivendo um momento histórico no País. Talvez, não tenhamos entendido a magnitude dele

Uma das lideranças da MRV, incorporadora mineira com valor de mercado de R$ 8,7 bilhões, Eduardo Fischer investe em imóveis que atendem às novas tendências de consumo, com áreas verdes, conectividade e fontes de energia renováveis

Saiba Mais

12/12/2019

MRV conclui captação de primeiro fundo da Luggo

Operação teve lastro em 452 unidades de quatro empreendimentos residenciais

Saiba Mais

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.