20/10/2018

MRV investe em novas frentes de negócio, lança marketplace com Magazine Luiza entre os parceiros

Empresa está investindo em parcerias para criar uma experiência cada vez melhor para seus clientes.


“A MRV é uma indutora do pico de consumo, então conectar os clientes a esses parceiros faz todo sentido...Queremos alargar nosso portfólio para que o relacionamento com o cliente não acabe no momento de entrega das chaves”, afirmou à Reuters o copresidente da maior construtora de imóveis econômicos do país, Rafael Menin.

Batizada de Clube de Vantagens MRV, a plataforma para venda de produtos de terceiros foi lançada em dezembro do ano passado, inicialmente com foco em acabamento, e depois passou a integrar outras categorias, incluindo eletrodomésticos e decoração, com a entrada de novos parceiros.

O mais recente deles é a varejista de comércio eletrônico Magazine Luiza, que aderiu ao marketplace em 1º de outubro e vem impulsionando vendas de eletrodomésticos com descontos que variam de 5 a 10 por cento.

Procurada, a Magazine Luiza não respondeu imediatamente ao pedido de comentário.

“Um em cada cinco clientes da MRV já compra na plataforma, isso significa mais ou menos 800 clientes por mês”, comentou Rodrigo Resende, diretor de marketing e vendas da MRV. Segundo ele, o marketplace já fatura cerca de 4 milhões de reais por mês.



Considerando só transações envolvendo eletrodomésticos, que por enquanto não são comissionadas, a plataforma negocia uma média de 200 mercadorias por mês, disse Resende.

De acordo com o copresidente da MRV, a decisão de expandir as operações deve-se, entre outros fatores, às mudanças nos hábitos de consumo, incluindo uma disposição cada vez menor das novas gerações em assumir financiamento de longo prazo para aquisição da casa própria.

Na prévia operacional do terceiro trimestre, divulgada na semana passada, a MRV reportou alta de 3,8 por cento nas vendas contratadas dos nove primeiros meses do ano, marcando uma desaceleração frente ao crescimento de 8,9 por cento apurado no mesmo período de 2017.

O movimento também coincide com a entrada de construtoras então voltadas para médio e alto padrão no mercado de baixa renda, incluindo a EzTec e Tarjab, enquanto outras gigantes como a Cyrela intensificam a atuação no segmento de imóveis econômicos com o lançamento de uma nova marca para empreendimentos do Minha Casa Minha Vida (MCMV), a Vivaz.

Até o fechamento de quinta-feira, as ações da MRV acumulam queda de mais de 13 por cento em 2018, enquanto o índice que reúne ações do setor imobiliário tem baixa de mais de 8 por cento.

“Existe uma demanda de 1 milhão de casas por ano em termos demográficos, mas não significa que todos vão querer comprar, alguns preferem alugar”, comentou Menin, citando ainda o papel cada vez mais relevante da tecnologia nos negócios da MRV.

Mais de 50 por cento das vendas de imóveis da MRV acontecem pela internet. “Não queremos ser ‘uberizados’, queremos ‘uberizar’, brincou o executivo, acrescentando que a empresa investe em tecnologia, marca e relacionamento com o cliente 2 por cento a mais da receita operacional líquida que a média do setor.

Entre as iniciativas para modernizar o negócio, a MRV criou mais duas plataformas. Uma é a “Mão na Roda”, que permite aos compradores de imóveis da empresa anunciarem serviços e produtos aos demais condôminos de um edifício, e outra é a “Conecta MRV”, ainda em fase de testes em Belo Horizonte, que promete ajudar síndicos na gestão dos empreendimentos.

As três plataformas exigiram um investimento total de 1,5 milhão de reais, de acordo com a construtora.

Paralelamente, a MRV ainda patrocina junto com o Banco Inter e a Localiza um projeto de incubação de startups mineiras, apelidado de ORBE.

Fonte: Reuters

Últimas notícias

02/06/2021

MRV destaca mulheres que fazem pedidos de casamento

Campanha criada pela SunsetDDB fala em empoderamento feminino e apresenta promoção para Mês dos Namorados

Saiba Mais

13/05/2021

MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa

MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa MRV tem lucro maior no 1º trimestre, mas proteção contra inflação queima caixa

Saiba Mais

13/05/2021

MRV vende mais do que o esperado nos EUA e avalia acelerar projetos

A MRV avalia revisar para cima seus planos de crescimento nos Estados Unidos, maior mercado imobiliário do mundo. A brasileira é dona da AHS

Saiba Mais

05/05/2021

MRV reforça marca com manifesto

A empresa conta como espera e planeja o futuro, construindo inovações que reduzem o impacto ambiental e social, promovendo o acesso de todos os brasileiros a um lar digno e de qualidade

Saiba Mais

23/04/2021

MRV paga R$ 130,6 milhões em dividendos

Proventos são pagos no dia 11 de maio; dividendos são parcela de lucro das empresas distribuídas aos acionistas

Saiba Mais

23/04/2021

Abrainc: continuidade de obras do MCMV é fundamental para gerar empregos e renda

Saiba Mais

09/04/2021

Um mercado resistente ao vírus

Juros ainda baixos, boa oferta de apartamentos, fim das viagens e menores gastos com lazer direcionam recursos para a compra do imóvel novo

Saiba Mais

09/04/2021

O plano americano das empresas

Sinais de recuperação da economia, vacinação avançada, pacote trilionário do governo e resgate das políticas ambientais fazem empresas brasileiras aumentar a aposta nos Estados Unidos.

Saiba Mais

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.