Relacionamento com o cliente

Português Inglês
22/03/2018

Sistema em canteiros de obras proporciona reaproveitamento da água da chuva

Reaproveitamento de água da chuva

Sistema em canteiros de obras permitem reaproveitamento da água da chuva, podendo ser usada em descarga de vasos sanitários utilizados pelos trabalhadores, mictórios e na limpeza de áreas de vivencia é uma realidade em quatro empreendimentos em construção em Cuiabá e Várzea Grande. O Dia Mundial da Água, celebrado nesta quinta-feira (22), reforça a preocupação com o uso desse recurso natural tão importante, sobretudo diante de recentes problemas de escassez registrados em diversas partes do Brasil e do mundo.

PCH impede entrada e registra BO contra membros do MP que tentaram fazer perícia "sem documentação"

O reaproveitamento de água de chuva nos canteiros de obras poupa a utilização de água potável onde ela não é necessária. O método, conforme a assessoria, é aplicado da seguinte forma: são instaladas calhas para captação de água da chuva em locais estratégicos do canteiro, onde á água captada é armazenada em caixas d'água para ser utilizada de forma não potável.

"Sustentabilidade e preservação do meio ambiente também pautam as ações da construtora, porque é importante gerir atividades e produzir da forma mais limpa e sustentável possível, não poluindo os recursos naturais. O ambientalmente correto precisa estar junto da matriz de negócios neste nosso mercado contemporâneo", destaca o gestor executivo comercial da MRV em Mato Grosso, Tacílio Cantarutti.

O sistema é usado há pelo menos três anos nos empreendimentos em Mato Grosso. Quatro condomínios em construção utilizam o método em seus canteiros, são eles: Parque Chapada dos Campos, Chapada das Dunas, Chapada da Costa e Chapada dos Sabiás.

Para realizar a limpeza da betoneira ou caminhão betoneira (caminhão que prepara o concreto aplicado na construção) utiliza-se um sistema de decantação da água. "O veículo que leva concreto ou argamassa para as obras, é lavado em um espaço específico, e a água utilizada no processo escorre para as caixas de decantação. Geralmente, três caixas incorporam o sistema, onde a última caixa faz o armazenamento dessa água que já foi decantada, ou seja, a água que ao final desse processo já está mais clara pode ser reutilizada para lavar ferramentas e molhar o canteiro, ajudando a minimizar a poeira. Podemos utilizar caixas de água neste sistema ou manilhas", explica Janaína Aparecida Lopes de Lima, técnica em gestão ambiental.

Também há o sistema de reaproveitamento de água para o mictório dos banheiros utilizados pelos operários. Este sistema se vale do reuso da água das torneiras. A água que iria direto para o descarte é direcionada para os mictórios. Um sistema prático, simples, e que gera economia ao meio ambiente.

Conclusa a fase de obras e chegando a entrega de chaves, moradores contam com a redução do consumo de recursos naturais - algo que segue sendo prioridade para a MRV. É o caso das descargas com caixa acoplada e sistema dual flush, que chegam a economizar 17 litros por acionamento e caixas para reaproveitamento de água da chuva instaladas nas áreas comuns de condomínios, que podem ser utilizadas para uso nas descargas do salão de festas e portaria ou irrigação de jardins.

Compromisso mundial - Em 2016, a MRV Engenharia também aderiu ao Pacto Global das Nações Unidas, acordo desenvolvido pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.


Email enviado com sucesso!

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.