Relacionamento com o cliente

Português Inglês
08/04/2015

Gestão de resíduos da MRV é destaque na capa do jornal Correio de Uberlândia

O gerenciamento adequado de resíduos sólidos tem gerado à indústria da construção civil, além do benefício ambiental, também economia e ganho em imagem junto ao mercado consumidor.

A indústria da construção civil tem ganhado com o gerenciamento adequado de resíduos sólidos. Além do benefício ambiental e economia, as empresas também ganham uma boa imagem junto ao mercado. Um exemplo é a empresa MRV, que há oito meses consolidou o programa em todos os canteiros de suas 11 filiais. Desde então a companhia contabilizou uma economia equivalente a R$ 300 mil, fruto da reutilização, da redução do desperdício e da reciclagem de materiais. "Cada resíduo tem uma destinação. O sistema consiste em separar os recicláveis e dar a eles o destino correto. E, para isso, temos parceiros". afirmou a engenheira Dayane Brito.

Em outro caso, entre as fornecedoras participantes da cadeia de controle de resíduos sólidos está a locadora de caçambas JB. Segundo sua proprietária, Cristina Oliveira, há 18 meses empresas no mercado de caçambas em Uberlândia, entre as quais apenas duas estão habilitadas para a gestão de resíduos em conformidade com a lei federal. "A lei da destinação dos resíduos é de 2002. Estamos em 2015 e só agora começam a exigir o seu cumprimento", disse.

Resolução do Conama é de 2002

A gestão correta de resíduos sólidos das obras é decorrente de exigência legal normatizada pela Resolução Conama 307/2002, que responsabiliza, tanto a pessoa física como a jurídica, pela destinação correta do resíduo sólido proveniente de obra, reforma ou demolições que venha a gerar.

Quando o volume de entulho não ultrapassa um metro cúbico, a responsabilidade por sua destinação fica a cargo da Prefeitura, desde que a pessoa ou empresa geradora do entulho o leve até um dos 12 ecopontos de coleta na cidade.

 


Email enviado com sucesso!

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.