Relacionamento com o cliente

Português Inglês
26/08/2010

Belo Horizonte tem Programa de Adoção da Fundação de Parques Municipais


Até o mês de setembro, mais sete parques municipais participarão do Programa de Adoção da Fundação de Parques Municipais. Com eles, aumenta para dez o número de parques que terão suas áreas cuidadas por empresas privadas ou associações. Três adoções já foram concluídas em julho. Outras quatro estão na fase final do processo. “Quanto mais parceiros a Fundação de Parques tiver, mais possibilidades de investimentos e de programas ambientais irão surgir”, disse o diretor de Planejamento e Monitoramento da FPM, Jorge Espeschit, para quem a adoção é de grande importância para a sociedade e mostra o reconhecimento desse espaço público.

De acordo com Edanise Reis, chefe da Divisão de Manejo Ambiental e responsável por esse programa, cinco dessas adoções foram fruto de compensação ambiental e, portanto, determinadas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam). “A Fundação de Parques Municipais vê um futuro em que esses parceiros, depois de verem as recompensas de seu trabalho, sejam adotantes voluntários, como o Banco Mercantil do Brasil, o Sicepot, a Associação de Amigos da Pampulha e a Associação de Moradores Fazenda da Serra”, disse.

Entre os três parques que já foram adotados no mês passado, está o Parque Pedro Machado, localizado no bairro Santa Maria, na região Noroeste, que terá, por dois anos, sua manutenção assumida pela empresa de engenharia MRV. Implantado pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), por meio do Orçamento Participativo, e inaugurado em março de 2009, o parque, que conseguiu essa adoção por compensação ambiental, é uma importante área de lazer para a comunidade do entorno.


Email enviado com sucesso!

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.