Relacionamento com o cliente

27/03/2014

Hora do Planeta

MRV Engenharia é a primeira construtora a aderir à Hora do Planeta

A MRV Engenharia está sempre buscando implantar e participar de ações sustentáveis em todas as unidades espalhadas pelo Brasil. Nesse ano a construtora aderiu à campanha mundial “Hora do Planeta” e é a primeira empresa do ramo da construção civil a participar da iniciativa.

O apagar das luzes proposto pelo evento é para alertar sobre a necessidade de se preservar o meio ambiente em todos os aspectos, tais como economizar energia, recursos hídricos, preservar rios, lagos, mares e cessar o desmatamento.

E dentro desse contexto, a MRV que sempre se preocupa com o meio ambiente utiliza em seus empreendimentos medidores individualizados de água que podem reduzir o consumo mensal do condomínio em até 50%. As descargas com caixa acoplada também possibilitam grande economia de água em relação aos modelos convencionais, em cada utilização o consumo é de até 20 litros de água a menos do que em uma descarga convencional.

Caso o morador prefira é possível instalar um sistema ainda mais econômico, que é uma descarga, também com caixa acoplada no sistema dual flush, que tem duas opções de utilização de acordo com a necessidade: uso de 3 ou 6 litros.
 

Racionamento de água e energia

Grande parte da população se esquece que a água é um recurso escasso e com isso a utiliza de forma exagerada, desperdiçando-a. “Varrer” calçadas com mangueira, hidrantes pingando, torneiras estragadas ou mal fechadas, canos arrebentados em praças e vias públicas são exemplos do desperdício que pode e deve ser evitado.

Nesse ano a chuva veio tímida e como consequência disso os reservatórios de água estão mais vazios do que o normal para a época, o que pode ocasionar em racionamento de água e também de energia em algumas regiões do país.

Além disso, a Organização das Nações Unidas (ONU) prevê que, em 2030, a população global vai necessitar de 35% a mais de alimento, 40% a mais de água e 50% a mais de energia. Água e energia estão entre os desafios globais mais iminentes, segundo o secretário-geral da Organização Meteorológica Global e membro da ONU-Água, Michel Jarraud, em nota divulgada pela organização.

Atualmente, 768 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada, 2,5 bilhões não melhoraram suas condições sanitárias e 1,3 bilhão não têm acesso à eletricidade, de acordo com a ONU. Ainda de acordo com o relatório, 75% de todo o consumo industrial de água é direcionado para a produção de energia elétrica.

Portanto lembre-se das dicas para economizar água (clique aqui e relembre), evite o desperdício e ajude a afastar o risco de racionamento.

Últimas notícias

06/04/2020

Empresários lançam movimento #NãoDemita na web

Empresários de todos os setores e dimensões podem assinar o manifesto e se juntar ao movimento no próprio site.

Saiba Mais

16/03/2020

Plantas da MRV em realidade aumentada

Tecnologias permitem projeção em 3D de plantas baixas oferecendo mais interatividade ao consumidor

Saiba Mais

08/02/2020

As empresas mais inovadoras do Brasil

Empresa de 40 anos aposta na industrialização dos canteiros e em um novo conceito de moradia econômica

Saiba Mais

30/01/2020

MRV sobe mais de 5% após lançar plataforma de vendas online

Construtora pretende desburocratizar processos de aquisição de imóveis

Saiba Mais

20/01/2020

MRV tem alta de 6% em lançamentos no 4º tri

A empresa afirmou que a concentração dos lançamentos ocorreu em dezembro

Saiba Mais

14/01/2020

Como a MRV Engenharia busca, pensa e estrutura a inovação?

Incorporadora tem investido em diferentes tecnologias emergentes. Recentemente, inaugurou laboratório dedicado à inovação

Saiba Mais

17/12/2019

Estamos vivendo um momento histórico no País. Talvez, não tenhamos entendido a magnitude dele

Uma das lideranças da MRV, incorporadora mineira com valor de mercado de R$ 8,7 bilhões, Eduardo Fischer investe em imóveis que atendem às novas tendências de consumo, com áreas verdes, conectividade e fontes de energia renováveis

Saiba Mais

12/12/2019

MRV conclui captação de primeiro fundo da Luggo

Operação teve lastro em 452 unidades de quatro empreendimentos residenciais

Saiba Mais

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.