Relacionamento com o cliente

15/10/2010

MRV Engenharia abre inscrições para seleção do Caça Talentos 2011

A maior construtora de imóveis econômicos do país tem vagas para estudantes de engenharia em Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Salvador e São Paulo

Sair da faculdade com o emprego garantido em uma das maiores empresas de construção civil do país e, ainda, com conhecimentos que vão além das teorias das salas de aula. O Programa de Caça-Talentos 2011 da MRV Engenharia, que está com as inscrições abertas, oferece essa chance a estudantes de Engenharia Civil e Engenharia de Produção Civil. “O que nós buscamos são mais que estagiários e trainees, queremos parceiros. Assim, ganha o estudante e também a empresa”, garante Junia Galvão, diretora executiva de Administração da MRV. Ela acrescenta que o percentual de estudantes que acaba contratado pela empresa é de quase 100%.

O programa Caça-Talentos da MRV é uma forma de encontrar indivíduos em fase final de formação para construir uma carreira na companhia e ocupar cargos-chave futuramente. Nesse sentido, há um plano de desenvolvimento com palestras, treinamentos externos e internos, atividades em obras e escritório e acompanhamento próximo em diferentes departamentos da empresa.

Vagas

Na edição 2011, há vagas para Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Salvador e São Paulo e podem se inscrever alunos regularmente matriculados entre o 6º e o 8º período dos cursos de Engenharia Civil ou Engenharia de Produção Civil, que tenham conhecimentos avançados em pacote Office e inglês. “Além dos prerrequisitos, algumas características são importantes, como dinamismo, proatividade, praticidade e bom relacionamento”, completa Junia Galvão. 

“Com o programa, o estudante tem a oportunidade de ver na prática o que foi tratado na faculdade, recebendo a orientação de um profissional altamente capacitado”, frisa a diretora. A duração do programa  varia entre dois e três anos, de acordo com o período em que se encontra o estudante, sendo que após a conclusão do curso universitário, o profissional passa de estagiário a trainee. A carga horária é de 4 ou 6 horas diárias. Os interessados podem se inscrever aqui.

ATIVIDADES

- Palestras com gestores e diretores
- Treinamentos em Excel, técnicas de negociação e outros
- Job rotation: passagem pelos diversos setores da empresa (Obras, Controle, Orçamento, Custos, Planejamento de Obras, Projetos Estruturais, Projetos Complementares, Projetos, Suprimentos, Relacionamento com o Cliente)
- Orientação de carreira personalizada

ÚLTIMOS RELEASES

13/06/2019

"Seu filho, nosso futuro"

Instituto MRV incentiva o hábito da leitura entre os filhos de colaboradores da construtora.

Leia mais

10/06/2019

MRV utiliza Big Data para o monitoramento de terrenos

O sistema foi desenvolvido pelas equipes de TI e desenvolvimento imobiliário da construtora.

Leia mais

07/06/2019

Instituto MRV convida a população para escolher os próximos projetos que apoiará

Votação acontece até 14 de junho por meio do site institutomrv.com.br.

Leia mais

05/06/2019

MRV realiza 100% de compensação de carbono relacionada as suas atividades

Na semana do meio ambiente companhia chega ao quinto ano consecutivo realizando a compensação total de emissões de gases das quais é responsável

Leia mais

30/05/2019

Condomínios da MRV já geraram mais de 1.000.000 kWh por meio de energia fotovoltaica

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Energia (29/5), construtora comemora os números já conquistados. Até 2022 a companhia pretende investir R$ 800 milhões para a instalação deste sistema em todos os seus lançamentos.

Leia mais

27/05/2019

Câmara de comércio Brasil-EUA da Flórida confere Prêmio de Excelência 2019 ao empresário Rubens Menin

O evento de entrega da premiação acontecerá em Miami, no dia 30 de maio.

Leia mais

23/05/2019

MRV e Instituto Ethos reafirmam parceria

Maior construtora da América Latina amplia sua parceria com Instituto Ethos

Leia mais

20/05/2019

MRV é uma das empresas mais desejadas para se trabalhar segundo os universitários brasileiros

Mais de 9 mil estudantes de engenharia foram ouvidos e a maior construtora da América Latina ficou em segundo lugar entre todas as empresas.

Leia mais

Compartilhe essa informação com seus amigos, familiares e conhecidos.